Maltratando a cultura e o patrimônio…

O famoso parque da Independência, que reúne o Museu do Ipiranga, o Monumento à Independência e a casa do grito, tem sua fama no país inteiro e é um dos pontos que mais recebe turistas em todo o país.

Seu acervo cultural e histórico, marca um dos pontos mais importantes de nossa história, e portanto deveria merecer cuidados que infelizmente não ocorreram, pelo menos nestes últimos 15 anos.

O local além do aporte cultural é uma das mais vibrantes áreas de lazer de São Paulo, justificando também que cuidados maiores deveriam ser observados.

O museu, os jardins franceses, e ao fundo o monumento da independência, envolvidos pela a área arborizada que compõem o Parque da Independência, no Bairro do Ipiranga: a bela vista panorâmica, esconde o descaso com a conservação deste importante patrimônio.

O museu, os jardins franceses, e ao fundo o monumento da independência, envolvidos pela a área arborizada que compõem o Parque da Independência, no Bairro do Ipiranga: a bela vista panorâmica, esconde o descaso com a conservação deste importante patrimônio.

Olhando o local sob a ótica de manutenção, três organizações tem a responsabilidade direta, sendo uma do Estado e duas do município, mas parece que a sincronia disto não ocorre, ao ver o estado lamentável que estão estas estruturas, conforme mostram os vídeos abaixo.

O acervo interno tanto do museu como do Monumento, estão com o rigor de cuidados exigidos neste tipo de patrimônio, já as partes externas, estão maltratadas, pelo abandono na conservação, por vandalismos de toda espécie, e a pergunta que não quer calar é como se deixa um patrimônio deste chegar a este ponto de degradação.

Autoridades e especialistas entrevistadas no vídeo, manifestam-se com uma disciplina, que induz estarem cuidando e providenciando todos os reparos, mais não justificam os anos de abandono do complexo, e no estado a que chegaram.

Tanto a USP, quanto as Secretarias Municipais envolvidas, deveriam nos prestar uma conta maior com relação a conservação deste patrimônio, com uma manutenção constante e ações de inibição do vandalismo, afinal é a história do Brasil que alí está e deve ser merecedora de um atenção desta importância.

A situação do Monumento:

O lamentável estado do Museu :

E os jardins e equipamentos:


Imagem: Wikimedia Commons

Vídeos: © Copyright 2013 Globo Comunicação e Participações S/A

 

Updated: 30/04/2013 — 12:22 pm

2 Comments

Add a Comment
  1. Já tinha visto esse assunto na TV…è impressionante como as coisas que são de responsabilidade do poder publico, são relegadas a serem destruídas por falta de manutenção e conservação…o exemplo mais simples são os jardins da cidade…alguns poucos tem conservação, mas maioria está abandonado.

  2. PARABÉNS LAAMARALL: É UMA ENORME VERGONHA O ESTADO DE CONSERVAÇÃO EM QUE SE ENCONTRA, JÁ HÁ TEMPOS, O MUSEU DO IPIRANGA E TODOS OS ITENS E MONUMENTOS PERIFÉRICOS QUE O COMPÕEM !!!!! UM PAÍS QUE MALTRATA A SUA HISTÓRIA DESTA FORMA, ABSURDAMENTE, ENLAMEIA SUAS ORIGENS E DEMONSTRA O GRAU DE DESCASO QUE TEM POR TUDO AQUILO QUE O FEZ, O COMPÔS, O ERIGIU !!!! AUTORIDADES BRASILEIRAS FEDERAIS, ESTADUAIS E MUNICIPAIS, O DESCASO PELO MUSEU DO IPIRANGA E PELO MONUMENTO À INDEPENDÊNCIA PODE SER CONSTATADO POR QUALQUER VISITANTE HÁ DÉCADAS E FOI, INCLUSIVE, MATÉRIA DO PROGRAMA GLOBAL “ANTENA PAULISTA”. PAREM DE JOGAR DINHEIRO SUADO DOS CONTRIBUINTES NO RALO DA CORRUPÇÃO E TOMEM VERGONHA NA CARA: EXIGIMOS O RESGATE IMEDIATO DO QUE TEMOS DE MAIS VALIOSO, ARQUITETONICA E HISTORICAMENTE, NESTE PAÍS ONDE SÓ SE VALORIZA O QUE É “TORTO”, O QUE ESVAI COM O DINHEIRO DO POVO PARA ENRIQUECER BANDIDOS QUE ESTÃO NO PODER !!!! ASSINADO: MÔNICA TIMM, CIDADÃ E CONTRIBUINTE BRASILEIRA

Deixe uma resposta para MÔNICA TIMM Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *