Mais uma vez comemorando esta data cívica, com homenagens, desfiles no Parque do Ibirapuera e recebendo no Mausoléu do Soldado Constitucionalista no Obelisco do Ibirapuera restos mortais de mais cinco combatentes. Eles se juntam a outros 847 homenageados no memorial, inaugurado em 1954 com os corpos de Martins, Miragaia, Dráuzio e Camargo. O translado faz parte das comemorações que se realiza todos os anos sempre nesta data.

Relembrar esta data tão importante para São Paulo é tradicional pelo blog e as imagens falarão por sí, para que não se esqueça deste importante evento histórico para São Paulo e para o Brasil, que produziu heróis e conquistas no passado.

Ontem a luta pelo ideal de liberdade e respeito a constituição, hoje condecorações aos herdeiros de heróis que já tombaram.


Uma sinopse da guerra e os marcos existentes na capital
 

O papel de Guilherme de Almeida nos eventos, inclusive tento letrado o hino da revolução.