Tecnologia

Apresentação de posts sobre Tecnologia em geral

Instituto Principia, ponto de encontro internacional…

4

O número 145 da rua Pamplona, no bairro paulistano da Bela Vista, a 500 metros da avenida Paulista, deverá voltar a abrigar pesquisas na área de física nos próximos meses.

Nesse endereço, onde funcionou em um casarão histórico entre 1952 e 2009 o Instituto de Física Teórica (IFT), atualmente uma unidade da Universidade Estadual Paulista (Unesp), um novo centro de produção e difusão de conhecimento científico está previsto para ser inaugurado em 2019: o Instituto Principia.

Inspirado no Instituto Isaac Newton para Ciências Matemáticas, cuja sede se situa dentro do campus da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, o Principia terá três áreas centrais de atuação: a promoção de pesquisa colaborativa entre físicos do Brasil e do exterior, a divulgação de ciência para o público leigo e um trabalho de mentoria com alunos da rede pública do ensino médio em que for identificada forte aptidão para seguir a carreira de cientista nas áreas de física e matemática.

O nome do novo instituto é uma referência ao famoso livro de Newton (1643-1727) denominado Princípios matemáticos da filosofia natural, ou simplesmente Principia em latim. “Nossa ideia não é competir com as universidades por fundos públicos para a pesquisa nem ser uma agência de fomento”, explica a física Renata Zukanovich Funchal, diretora científica do Instituto Principia e professora do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IFUSP). “Queremos ser um centro autossuficiente e captar dinheiro privado para nossas atividades.” A mantenedora do Principia é a Fundação Instituto de Física Teórica, entidade de direito privado sem fins lucrativos que criou o IFT em 1951.

A fundação foi responsável pela gestão do IFT até 1987, quando a Unesp assumiu o instituto. Mesmo depois de ter sido encampado pela universidade, o IFT funcionou na Bela Vista até 2009, quando foi transferido para um prédio no bairro da Barra Funda.

 

Um projeto por vez

Com a saída do IFT de sua sede, a fundação vendeu o terreno de 6.500 m2 onde se situa o casarão para uma incorporadora imobiliária em um arranjo que possibilitou a gestação e a montagem do Principia. O negócio rendeu à fundação a propriedade de novos imóveis que foram edificados pela construtora no endereço da Pamplona: um pequeno prédio de 1.300 m2 que será usado para abrigar cerca de 25 pesquisadores, um teatro-planetário de 140 lugares, chamado Domo Digital, e quase cinco dos 20 andares de uma torre comercial de escritórios. Atualmente, 94% dos escritórios pertencentes à fundação, que totalizam pouco mais de 4 mil m2, estão alugados.

Reformado, o antigo casarão também permaneceu com a fundação. Seu térreo virou um café-restaurante, alugado e administrado por terceiros, e a parte superior abriga um espaço a ser usado pela escola de jovens talentos do Principia. “O aluguel dos escritórios e do restaurante nos rende cerca de R$ 3,6 milhões por ano”, afirma Gerson Francisco, diretor-presidente da fundação. “Nosso compromisso é arcar com os custos fixos do Principia.”

O centro de pesquisas está quase pronto. Falta instalar o piso e mobiliá-lo. O teatro que abriga o planetário ainda precisa de cerca de R$ 2 milhões para ser terminado, mas já pode ser usado para palestras e eventos menores. “Queremos vender os naming rights do Domo Digital para uma empresa e buscar apoio no setor privado”, diz Renato Vicente, professor do Instituto de Matemática da USP e vice-presidente do conselho curador do Principia.

O Domo Digital ainda precisa de um investimento de R$ 2 milhões para ser concluído (Léo Ramos Chaves)

O primeiro evento no teatro ocorreu no mês passado. O físico Francis Halzen, da Universidade de Wisconsin-Madison, dos Estados Unidos, falou sobre as pesquisas e descobertas feitas no Observatório de Neutrinos IceCube, construído próximo ao polo Sul, na Antártida. Em julho passado, o experimento, do qual Halzen é o cientista-chefe, identificou a primeira fonte documentada de neutrinos e de raios cósmicos de alta energia, as partículas mais potentes do Universo.

O físico do IceCube é o primeiro nome a fazer parte do comitê de especialistas do exterior encarregado de selecionar os projetos científicos que serão apoiados pelo Principia. O grupo de pesquisadores internacionais terá entre cinco e sete membros e receberá para análise final as melhores propostas pré-escolhidas pelo comitê científico do instituto, formado por cientistas das três universidades estaduais de São Paulo.

O Principia não terá um corpo permanente de pesquisadores. Seu prédio dedicado à ciência será ocupado temporariamente por equipes de físicos do Brasil e do exterior que deverão passar uma temporada de três a seis meses trabalhando conjuntamente em torno de alguma questão científica importante. “Queremos que o instituto funcione como um hub internacional de pesquisadores, que ficarão algum tempo aqui debruçados sobre um tema fundamental da física e produzirão trabalhos científicos conjuntos”, comenta Renata. “Vamos abrigar em nossa estrutura apenas um projeto por vez.” Não há uma data marcada para que o centro de pesquisas receba sua primeira leva de pesquisadores-visitantes, mas a meta é que isso ocorra agora em 2019.

O Instituto foi criado em 2017 para ser um influente centro de produção e difusão do conhecimento científico e de conexão da ciência com a sociedade. Ele possui três frentes de atividades: um Centro Internacional de Pesquisa, uma Escola de Talentos e um Domo Digital, estrutura imersiva 360º que pode funcionar como um Planetário. A infraestrutura completa abrangerá várias atividades e abre suas portas para a geração de conhecimento como pesquisa científica, formação e desenvolvimento de jovens, difusão do conhecimento, consultoria,entretenimento.

Como um Centro de Pesquisa, tem a pretensão de uma visão de ser um influente centro internacional para o desenvolvimento e divulgação do conhecimento científico, que é incentivar a realização de programas na fronteira do conhecimento. É o interlocutor entre a comunidade científica, a iniciativa privada e a imprensa, criando uma comunicação de qualidade com o grande público.

​Programas científicos de 4 a 6 meses de duração; temas vinculados a Física Teórica e suas aplicações em todas as áreas de conhecimento; 20 a 25 pesquisadores trabalhando simultaneamente em cada programa, além de Workshops, eventos, aulas e seminários.

E tem também o “Grupo Física e Negócios”, serviço que promove a interação e empresas com objetivo de discutir e solucionar problemas do mundo real utilizando a física e suas aplicações. Serão eventos planejados com assessoria e intermediação do Instituto Principia.

O Instituto Principia se posiciona então como uma grande iniciativa para prover ciência, conhecimento e formação de talentos com lastro de grandes universidades e de parcerias privadas. A comunidade científica agradece !

 

Bibliografia/Fontes/Links relacionados:



2019 Skyscraper Competition…

0

Estão abertas as inscrições para a Edição 2019 do concurso de edificações da eVolo Magazine, tradicional publicação de arquitetura, que promove anualmente este concurso de projetos.

Para se registrar, use este link:

http://www.evolo.us/category/competition/

 

Veja como foi em:

eVolo Magazine is pleased to invite architects, students, engineers, designers, and artists from around the globe to take part in the 2019 Skyscraper Competition. Established in 2006, the annual Skyscraper Competition is one of the world’s most prestigious awards for high-rise architecture. It recognizes outstanding ideas that redefine skyscraper design through the implementation of novel technologies, materials, programs, aesthetics, and spatial organizations along with studies on globalization, flexibility, adaptability, and the digital revolution. It is a forum that examines the relationship between the skyscraper and the natural world, the skyscraper and the community, and the skyscraper and the city.

 

The participants should take into consideration the advances in technology, the exploration of sustainable systems, and the establishment of new urban and architectural methods to solve economic, social, and cultural problems of the contemporary city including the scarcity of natural resources and infrastructure and the exponential increase of inhabitants, pollution, economic division, and unplanned urban sprawl.

 

The competition is an investigation on the public and private space and the role of the individual and the collective in the creation of a dynamic and adaptive vertical community. It is also a response to the exploration and adaptation of new habitats and territories based on a dynamic equilibrium between man and nature – a new kind of responsive and adaptive design capable of intelligent growth through the self-regulation of its own systems.

There are no restrictions in regards to site, program or size. The objective is to provide maximum freedom to the participants to engage the project without constraints in the most creative way. What is a skyscraper in the 21st century? What are the historical, contextual, social, urban, and environmental responsibilities of these mega-structures?

 

eVolo Magazine is committed to continue stimulating the imagination of designers around the world – thinkers that initiate a new architectural discourse of economic, environmental, intellectual, and perceptual responsibility that could ultimately modify what we understand as a contemporary skyscraper, its impact on urban planning and on the improvement of our way of life.

 

REGISTRATION

Architects, students, engineers, and designers are invited to participate in the competition. We encourage you to have multidisciplinary teams.

  • Participants must register by January 29, 2019.
  • Early Registration: USD $95 until November 20, 2018.
  • Late Registration: USD $135 from November 21, 2018 to January 29, 2019.
  • One registration = One project.
  • Participants may submit various projects, but must register each entry.
  • There is no limit as to the number of participants per team. Individual entries are accepted.
  • After your registration has been approved eVolo will send the registration number (within 24 hours), which will be necessary for submission boards.

SCHEDULE

  • July 16, 2018 – Competition announcement and registration opens.
  • November 20, 2018 – Early registration deadline
  • January 29, 2019 – Late registration deadline
  • February 12, 2019 – Project submission deadline (23:59 hours US Eastern Time)
  • April 9, 2019 – Winners’ announcement

SUBMISSION REQUIREMENTS

This is a digital competition and no hardcopies are necessary. Entrants must submit their proposal no later than February 12, 2019 (23:59 hours US Eastern Time) via email to skyscraper2019@evolo.us.

The project submission must contain the following files:

  1. Two boards with the project information including plans, sections, and perspectives. Participants are encouraged to submit all the information they consider necessary to explain their proposal. These boards should be 24″(h) X 48″(w) in HORIZONTAL format. The resolution of the boards must be 150 dpi, RGB mode and saved as JPG files. The upper right corner of each board must contain the participation number. There should not be any marks or any other form of identification. The files must be named after the registration number followed by the board number. For example: 0101-1.jpg and 0101-2.jpg.
  2. A DOC file containing the project statement (600 words max). This file must be named after the registration number followed by the word “statement”. For example: 0101-statement.doc.
  3. A DOC file containing the entrants’ personal information, including name, profession, address, and email. This file must be named after the registration number followed by the word “info”. For example: 0101-info.doc.
    All the files must be placed in a ZIP folder named after your registration number. For example: 0101.zip

JURY

Melike Altınısık [Founder and design principal Melike Altınısık Architects]
Vincent Callebaut [Founder and design principal Vincent Callebaut Architectures]
Marc Fornes [Founder and design principal THEVERYMANY]
Mitchell Joachim [Co-Founder and design principal of Terreform ONE]

REGULATIONS

  1. This is an anonymous competition and the registration number is the only means of identification.
  2. The official language of the competition is English.
  3. The registration fee is non-refundable.
  4. Contacting the Jury is prohibited.
  5. eVolo Magazine, as the competition organizer, reserves the right to modify the competition schedule if deemed necessary.
  6. Participants retain all copyrights of their designs. eVolo Magazine is granted permission to publish in print and digital publications all projects submitted to the competition.
  7. Entrants will be disqualified if any of the competition rules are not considered.
  8. Participation assumes acceptance of the regulations.

AWARDS

1st place – US $5000
2nd place – US $2000
3rd place – US $1000

Winners and special mentions will be published by eVolo and several international print publications. In addition, the results are covered by the most important online architecture and design publications and general media such as the Huffington Post and The Wall Street Journal.

 

Previous winners have been featured in the following print publications:

ABC Magazine – Czech Republic, About:Blank Magazine – Portugal, Aeroflot – Russia, Architect Builder – India, Architecture and Culture – South Korea, Architecture Design Art – Pakistan, Architektura Murator – Poland, AT Architecture Technique – China, Archiworld – South Korea, AWM– The Netherlands, Azure – Canada, B-1 – Thailand, Bauwelt – Germany, Blueprint – United Kingdom, BusinessWeek– USA, C3 – South Korea, CAAOH – Ukraine, Casamica – Italy, Casas y Mas – Mexico, Concept – South Korea, Courier Mail – Australia, Discover Magazine – USA, Donga – South Korea, Enlace – Mexico, Focus – Canada/Italy, Future Arquitecturas – Spain, Geolino Extra – Germany, Grazia Casa – Italy, Kijk – The Netherlands, L’Installatore Italiano – Italy, L’Arca – Italy, L’Uomo Vogue– Italy, La Razon – Spain, Le Courier de l’ Architecte – France, Le Fourquet – Mexico, Mark Magazine– The Netherlands, Maxim – USA, Mercedes Benz Magazine – Germany, Mladina – Slovenia, Modulo– Italy, Modulor – Switzerland, NAN – Spain, Natur + Kosmos – Germany, New Scientist – United Kingdom, Oculus – USA, Of Arch – Italy, Pasajes de Arquitectura – Spain, Peak Magazine – Singapore, Popular Mechanics – USA/Russia, Popular Science – USA, Puls Biznesu – Poland, Quo– China/Spain, Rogue Magazine – Philippines, RUM – Sweden, Salt Magazine – The Netherlands, Science et Vie – France, Sciences et Avenir– France, Shanghai Morning Post – China, Space – South Korea, Spade – Canada, Spazio Casa – Italy, Specifier Magazine – Australia, SMW Magazine – Taiwan, Stafette – Germany, Tall Buildings – Russia, Tatlin – Russia, The Broker – The Netherlands, The Outlook Magazine – China, The New York Times – USA, The Wall Street Journal – USA, Time Style and Design – USA, Travel and Leisure – USA, Vida Simples Magazine – Brazil, Vogue – Australia/USA, Vox Design – Poland, Wettbewerbe Aktuell – Germany, Wired – USA/Italy, Woongjin – South Korea, World Architecture – China


Go to Top