Categoria: Tecnologia

Apresentação de posts sobre Tecnologia em geral

Jackson Oswalt, o Garoto Nuclear…

Um gênio adolescente em uma escola de ensino fundamental dos EUA construiu um minúsculo reator de fusão nuclear funcional e chegou ao Guinness World Records  “poucas horas” antes de seu 13º aniversário. 

“Consegui usar eletricidade para acelerar dois átomos de deutério juntos para que eles se fundissem em um átomo de hélio-3 e também liberassem um nêutron, que pode ser usado para aquecer água e girar uma máquina a vapor, que por sua vez produz eletricidade ”, afirmara Jackson Oswalt, de Memphis, Tennessee.

“Não estarei fazendo a fusão completa, mas ainda estarei criando um plasma dentro da câmara aqui”, diz Oswalt, apresentando sua demonstração. “Eu diria que a parte mais difícil foi tentar descobrir como fazer a vedação hermética na câmara, e por conta disso passei provavelmente meio ano tentando obter a vedação correta.”

Jackson foi apresentado à fusão nuclear com apenas 12 anos de idade, enquanto fazia pesquisas online.  Ele aprendeu sobre Taylor Wilson, um físico nuclear autodidata, que também alcançou a fusão nuclear ainda muito jovem. Isso o inspirou a tentar construir um aparato de fusão sozinho.

Isso só poderia significar uma coisa: Jackson se tornou oficialmente a pessoa mais jovem do mundo  a alcançar a fusão nuclear . Existem então considerações importantes a serem relatadas aqui. Oswalt é um estudante, trabalhador, obviamente muito inteligente, contudo ele é apenas mais um membro de uma próspera comunidade de fabricantes de projetos de fusão caseiros.

Isto mesmo, existem mais gênios precoces que já fizeram isto; Quem não se lembra-se do estudante universitário que tentou vender um reator de fusão quase pronto por preço de $ 3.000, na Nova Zelândia para usar o valor para pagar as mensalidades da faculdade?  O jovem mais famoso a fazer isso foi David Hahn , que limpou metodicamente pequenas quantidades de materiais radioativos de aparelhos domésticos até ter o suficiente para construir um aparelho. 

Hahn pretendia fazer um reator de fissão, mas desmontou seu dispositivo quando ele começou a produzir um nível selvagem (e neste caso não contido) de radiação.

Houve também Taylor Wilson, inspirador de Oswalt que em 2015 foi “uma das 32 pessoas que construíram um reator de fusão nuclear elas mesmas”. Wilson tinha apenas 14 anos e estava motivado por ver como é caro receber tratamentos de medicina nuclear.

Mas Wilson teve a bênção e o apoio de seus pais e trabalhou com segurança. Agora com 30 anos, passou de sua vida adolescente a jovem adulto projetando versões inovadoras e de baixo custo de tecnologias como reatores de sal fundido e detetores de radiação.

Seja como for, esses reatores são divertidos e emocionantes, mas usam muito mais energia do que transformam e produzem, em comparação com os projetos de fusão de energia comercial que visam a fusão que supera a energia colocada neles. A fusão nuclear nunca pode ser uma fonte de energia a menos que exceda em muito a energia necessária para alcançar e manter a fusão.

No caso, com apenas 12 anos, Oswalt bateu o recorde mundial anterior por dois anos. Ele se junta a uma lista contínua de “fusioneers” que alcançaram a fusão nuclear em casa. Oswalt se junta à lista geral e à lista especial do ensino médio, com seu talento de 2018.

Os fusioneers listados alcançaram objetivos que vão desde ganhar uma feira de ciências da escola até ganhar uma bolsa de estudos de $ 75.000 para a faculdade, o que realmente mostra como você deve escolher cuidadosamente o seu público alvo para colher benefícios..

“Agora, aos 15 anos, Jackson não faz mais experimentos com tanta frequência, já que decidiu procurar seu ‘próximo projeto´, relata o Guinness. Esse é um grande humor adolescente, mas para alguém que alcançou a fusão aos 12 anos, a próxima melhor coisa é provavelmente. . . muito grande.

O adolescente detém o novo Recorde Mundial do Guinness para a pessoa mais jovem a alcançar a fusão. Alega Jackson, que ele foi a única pessoa que trabalhou no reator durante as etapas de design e produção.“A temperatura no meu fusor varia, mas é de aproximadamente 100 milhões de graus [Kelvin]”, disse Jackson ao Guinness World Records. 

Sua impressionante realização foi verificada pela Fusor.net , The Open Source Fusor Research Consortium , e foi confirmada pelo pesquisador de fusão Richard Hull, que mantém uma lista de cientistas amadores que alcançaram a fusão nuclear em casa, como mencionado anteriormente.

O adolescente entusiasta da ciência Jackson Oswalt foi notícia por construir um experimento de fusão funcional em sua casa, foi convidado para fazer um tour pela sede da TAE Fusion Technologies. A Geração Z enfrentará os maiores desafios de
energia da história e esperamos inspirar Jackson e outros a continuar trabalhando em busca de uma solução. Acredita-se que juntos poderão se criar um futuro brilhante para todos nós.

A incrível façanha levou-o a ser uma das estrelas do Guinness World Records 2021 edition , ao lado de outros recordistas.  

Updated: 01/11/2020 — 5:39 pm