Tag: Boom Supersonic

Supersônico Overture está chegando ?

Um novo avião supersônico “acessível” deve decolar no final deste ano, depois de garantir milhões de dólares em financiamento.

O avião comercial, apelidado de Overture, acabará transportando dezenas de milhões de pessoas em todo o mundo em Mach 2,2, o que equivale a 2.335 km/h, disseram seus desenvolvedores da Boom Supersonic.

Espera-se que um protótipo em escala real do avião seja lançado no final deste ano, depois que a empresa anunciou que conseguiu um financiamento adicional de US $ 140 milhões, e com a expectativas de vôos com passageiros para iniciar na década de 2020, ou seja daqui a pouco tempo.

Futuros clientes já incluem a Virgin Group e a Japan Airlines, que já encomendaram 30 aviões Overture entre eles, disse o porta voz da Boom Supersonic.

Blake Scholl, fundador e CEO da Boom Supersonic, afirmou: “Na Boom, nossa visão é remover as barreiras do planeta. Hoje, o tempo e o custo das viagens de longa distância nos impedem de nos conectar com pessoas e lugares distantes”.

“As tarifas serão semelhantes às da classe executiva de hoje, ampliando os horizontes para dezenas de milhões de viajantes. Por fim, nossa meta é tornar o voo de alta velocidade acessível a todos. “Este novo financiamento nos permite avançar no trabalho da Overture, o primeiro avião supersônico economicamente viável do mundo”.

Alguns dos detalhes do novo supersônico e como estão os ensaios de tunel de vento na Boom

Além de ser acessível, a empresa disse que o Overture também será o jato supersônico mais ecologicamente correto já feito, com uma liga de carbono semelhante à algumas aeronaves atuais.

Andy Karsner, sócio-gerente da Emerson Collective e líder da Elemental, afiliada de energia e meio ambiente da empresa, afirmou: “Nosso interesse na Boom é impulsionado por sua visão para possibilitar maior conexão humana e uma experiência natural e cultural mais empática através do design ecológico e consciente”.

“A Boom tem a liderança, os valores e o potencial para acelerar muitos avanços como compostos de carbono leve e combustíveis mais verdes, promovendo desta forma a redução dos impactos climáticos da aviação. Estamos entusiasmados em fazer parceria com uma empresa comprometida em revolucionar as viagens com mais responsabilidade ambiental”.

A Boom está atualmente construindo o XB-1, um protótipo tripulado em escala do avião Mach-2.2, que deve voar ainda neste ano. Para acomodar a montagem do XB-1 e o desenvolvimento da Overture, a Boom se mudou recentemente para uma instalação de última geração no estado do Colorado.

Na prática a Boom Supersonic, está construindo o que chama de “a primeira aeronave supersônica economicamente viável do mundo”. O supersônico Overture terá capacidade para 55 passageiros e tem uma aparência semelhante ao Concorde do lado de fora, com um nariz fino e formato de asa delta e a Boom espera que o protótipo valide seus conceitos para aerodinâmica eficiente, materiais compostos avançados e sistema de propulsão mais eficaz.

Segundo CEO Blake Scholl, um voo de Nova York para Londres levaria cerca de 3 horas e 15 minutos, enquanto um de Sydney para Los Angeles demoraria 6 horas e 45 minutos.

Uma das principais e grandes inovações que a Boom espera demonstrar é atingir uma alta velocidade sem injetar combustível adicional no tubo do jato após a turbina, um processo conhecido como pós-combustão. O Concorde, por exemplo, usava pós-combustão durante a decolagem e na aceleração.

Apesar de grande aporte de dinheiro não está claro quanto precisará ser investido para que o Overture possa ser usado comercialmente, já que os custos de desenvolvimento do Concorde por exemplo giraram em torno de US$ 7 bilhões. A própria Boeing e a Airbus, por outro lado, gastam de US$ 2,5 bilhões a US$ 6 bilhões para colocar alguns dos seus  jatos comerciais no mercado.
Enquanto alguns analistas permanecem céticos sobre o modelo econômico de uma aeronave supersônica hoje, o fundador está empenhado em “tornar os voos de alta velocidade acessíveis a todos”. Segundo ele, os avanços tecnológicos permitirão que o Overture seja silencioso nas decolagem e pousos, incorporando combustíveis mais limpos.

Aeronaves que voam mais rápido que a velocidade do som, foram desenvolvidas pela primeira vez em meados do século XX. Mas os regulamentos e os desafios técnicos impediram a inovação e a expansão do conceito, disse a Boom Technology, em sua sede em Denver. A empresa de aviação afirmara no entanto que pretende mudar isso desenvolvendo um jato de passageiros moderno e supersônico que viajará a Mach 2.2(2.335 km / h). O Concorde, um jato de passageiros supersônico aposentado, voou a velocidades de até 2.180 km/h.

O tempo será o testemunho dessas novas realizações e 2019/2020 serão a prova deste inovador projeto…

Links relacionados: