Na última semana, foi amplamente divulgado em vários canais, que São Paulo é a 6ª cidade com maior quantidade de milionários. Resultado interessante e premia pessoas atreladas em grandes empresas, algumas das quais foram formadas por gerações de trabalho, como os Ermínios de Moraes, Diniz, Safras entre tantos outros.

Mas ao analisar esta relação mais clinicamente, vê-se cidades, que a principio geram curiosidades em estar em um ranking destes que a Forbes divulga.

Cidades com Mumbai (Índia), Istambul, e até Moscou (berço recente de um dos regimes comunistas mais radicais), são abrigos de maior quantidade de milionários….

Resolvi então comparar com um ranking das cidades mais ricas do mundo divulgada pela PWC em 2008, e tentar estabelecer alguma relação de cidade rica com número de milionários, buscando entender se há uma distribuição de riqueza mais distribuída…

São Paulo neste ranking de 2008 está em 10º lugar mas ao que já sabe, subiu no ranking para 2010, como estudos devem divulgar.

Nesta comparação, observa-se então que apenas 4 cidades, apresentam coerência na distribuição de riqueza tanto global como individual (na quantidade de número de milionários): Nova Iorque, Londres, São Paulo e Los Angeles, pois aparecem entre as 10 nos dois rankings, ao contrário das demais que dividem-se entre as duas listas.
Pode ser uma análise rudimentar, mas é bem melhor do que só analisar por quantidade de milionários….

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • Google Plus