Numa expectativa sem precedentes, o Brasil se ligou no último dia 18 de Setembro, num evento de final de Copa do Mundo, aguardando o encerramento de um escândalo que se originou e marcou o governo Lula há sete anos .

Até então o Supremo Tribunal Federal havia concluído que o “mensalão” foi um esquema ilegal de financiamento político organizado pelo PT para corromper parlamentares e garantir apoio ao governo Lula nas casas legislativas federais em 2003 em diante, logo após a chegada do partido ao poder, como forma de garantir o jogo de poder do PT que então se iniciava.

Mas depois destes 7 anos de vômito em todos os canais de mídia, de espaços informativos diários se ocupando do fato, e por conta de um imbróglio chamado “embargos infringentes”, o rumo do processo ficou para um novo julgamento, onde certamente mais benefícios serão imputados aos réus.

ferramenta do stf

Portanto após o STF dar acolhimento aos embargos infringentes, irá ter como consequência a retomada do julgamento de 12 réus nos crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Como disse o criminalista Roberto Delmanto Junior, conselheiro da OAB/SP e presidente do Conselho Curador da Escola Superior da Advocacia, “embora garanta o direito de defesa, o acolhimento dos embargos infringentes traz à sociedade uma insegurança jurídica, pois é a revisão do mesmo julgamento pelo mesmo plenário. Como os embargos infringentes só existem no STF, questiona-se a igualdade de todos perante a lei.

The Day After:

Não faltou espaço em todos os canais de informação, para a manifestação da decepção, nos noticiários, nas redes sociais, na imprensa escrita, nas reuniões das pessoas, das famílias, etc. Separamos alguns:

Gilmar Mendes (pelo UOL Notícias):

Ministra Eliana Calmon do STJ (pela Band News):

E a firme posição de Rachel Sheherazade do SBT Brasil:

 

As manifestações nas redes sociais, foram movimentadas por frustações, revoltas, que se traduziram em centenas de milhares de textos, fotos e imagens preparadas para expressar uma grande decepção, algumas das quais em nossa galeria de imagens.

Fato é que o Brasil que já é motivo de chacotas internacionalmente, por conta de suas mazelas incoerentes, tem agora mais este episódio para compor seu currículo.

E a angustia da esperança realmente foi embargada, pelo menos até os próximos episódios, que deve coincidir com o ano eleitoral de 2014, para nosso sofrimento. Antes disto porém vejamos se o famoso ditado não vai ser mudado para “A Justiça tarda, mas falha”…..


Links para consulta:


Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • Google Plus