E a megalópole chega em mais um aniversário, o 463º.

Sua fundação que se inicia com os Jesuítas, José de Anchieta e Manuel da Nóbrega que em meados de 1553 subiram a Serra do Mar, com a finalidade de encontrar um lugar seguro, para se instalar e catequizar os índios, se tornaria uma cidade grandiosa de números gigantes.

Mal sabiam ou supunham que ao adentrarem o planalto de Piratininga para encontrar um local ideal, uma região com ares frescos e temperados como a Espanha e uma terra sadia, rica em boas águas, se tornaria uma das maiores aglomerações do planeta.

E como religiosos que construíram um colégio em uma pequena colina, localizada próxima aos rios Tamanduateí e Anhangabaú, onde no dia 25 de janeiro de1554 celebraram uma missa, que é então reconhecida como a data de aniversário de São Paulo se tornaria um polo irradiador de conquistas, de desbravadores e de modernidade.

Tamanha é a extensão e a complexidade desta metrópole, que atualmente é a quinta maior cidade do mundo, conta com 12,04 milhões de habitantes. Sua região metropolitana possui cerca de 25 milhões de habitantes e é onde exerce sua maior influência.

São Paulo é a cidade onde todos se encontram, realizam, interagem e acolhe gente do mundo inteiro. É o lugar onde a versatilidade e a criatividade são a normalidade. É considerada um dos maiores polos gastronômicos do mundo. Uma rede de mais de mil restaurantes oferece comidas típicas nacionais e internacionais. Por isso, lazer em São Paulo tem que obrigatoriamente incluir um restaurante.

São Paulo acolhe a todos sem distinção de raça, credo ou cor e é uma cidade de todas as línguas e sotaques, de e todos os credos e certamente paladares.

E tudo começou ali no alto da colina de Piratininga, onde existia uma tribo de índios que foram catequizados ao cristianismo por José de Anchieta e sua turma. Piratininga virou São Paulo e o Colégio virou a megalópole como conhecemos. Maior cidade da América do Sul, e por sua importância na economia do Brasil, abriga grande sedes de grandes empresas nacionais e internacionais e é referência obrigatória para os negócios.

O PIB paulistano é de US$ 267 bilhões (se a capital paulista fosse um país estaria entre as 50 maiores economias do mundo, entre a Finlândia (US$ 273 bilhões) e o Chile (US$ 259 bilhões). De acordo com Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Comparando com as unidades federativas e regiões, o PIB da capital paulista é um terço do próprio Estado de São Paulo e 94% de todo o PIB do Estado do Rio. E os PIBs das regiões Centro-Oeste e Norte ficam abaixo do PIB paulistano.



São Paulo é uma cidade internacional, que acolhe várias comunidades de todo o mundo entre sua população total. No tocante ao turismo é a porta de entrada para o Brasil para desespero de uma certa emissora de TV que manipula esta informação para seus interesses. São Paulo se destaca ao receber por ano 15 milhões de visitantes, dos quais em torno de 3 milhões são estrangeiros (Anuários do Observatório de Turismo). No tocante aos visitantes nacionais eles procedem principalmente do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. Já entre os estrangeiros, o principal turista é o americano seguido do argentino. O Aeroporto de Cumbica, privatizado, com seus 3 terminais de passageiros e um de carga é o que sente esta movimentação vibrante, que se junta as 3 Rodoviárias instaladas na capital.

Por seus estrangeiros residentes e adotados e pela circulação de pessoas do Brasil inteiro e de todo o mundo tem uma diversidade cultural sem precedentes. Um dos maiores polos culturais do mundo, segundo as estatísticas internacionais. Seus eventos, seus museus, sua gastronomia, sua arquitetura e sua modernidade tecnológica mostram toda esta pujança de misturas. Não a toa é uma cidade global.

Conhecida e admirada por muitos, a capital que acolhe todos e tudo, possui uma vasta herança cultural, que vai da mistura de sotaques até as belezas arquitetônicas espalhadas pela cidade, premiando a engenhosidade dos que nela vivem.

Após um ano de instabilidades política e econômica e da desastrosa gestão dos últimos quatro anos, a cidade de São Paulo completa 463 anos no próximo dia 25 de janeiro, demonstrando que não apenas manteve sua grandeza após o conturbado 2016, mas que irá manter seu protagonismo para ajudar o país a retomar ao rumo do crescimento. José de Anchieta certamente se orgulharia espantado claro com o gigantismo de tudo isto.

010-parabensSP

Veja também:

Bibliografia/Fontes:

  • Crédito para as inserções: Flying Filmes, Thiago Oliveira, Arsenal Filmes, Expedia Travel, Spaceview, Drones Imagens Aéreas.

sp463