Mais uma bela festa cívica. Em todo o Brasil, com destaque para o avanço dos protestos em cidades do interior dos estados, o povo evocou mais uma vez o grito de guerra contra o atual governo e estado de mazelas que nos assolam.

Milhares com suas faixas, seus cantos, seus protestos coloriram as ruas, avenidas e praças com o verde-amarelo dando mais uma vez o recado de “fora de tudo que está aí”.

Como sempre o destaque negativo foi a grande mídia, que desde as 9:00h do domingo já explanava o desejo do planalto de torcer por manifestação menor. Mas as pessoas estavam chegando aos locais de concentração, os repórteres já anunciavam as manifestações como concluídas e que tinha tido muito menos pessoas que a manifestação anterior, isto ainda as 9:00 e 10:00h da manhã do domingo.

O descontentamento com a grande mídia vem desde o primeiro protesto em 2014. Este manifestante capturou e expôs parte da grande decepção com a imprensa.

O descontentamento com a grande mídia vem desde o primeiro protesto em 2014. Este manifestante capturou e expôs parte da grande decepção com a imprensa.

Em São Paulo, na Avenida Paulista, um outro destaque negativo foi a ampliação do canteiro de obras da polêmica ciclovia, obras aliás que estão paralisadas. Este alargamento dos canteiros, parecem ter sido propositadamente realizados pela Prefeitura vermelha de SP, que na prática dificultou a circulação dos manifestantes, bem como atrapalhou os pontos de concentração (8 caminhões de som), e certamente dificultou a contabilização dos participantes.

Como sempre a quantidade de banners e cartazes que simbolizaram o grito de protesto foi um dos grandes momentos de expressar o repúdio contra a agonia que passamos. O cartaz escolhido que melhor simbolizou o desejo dos manifestantes foi este.

Como sempre a quantidade de banners e cartazes que simbolizaram o grito de protesto foi um dos grandes momentos de expressar o repúdio contra a agonia que passamos. O cartaz escolhido que melhor simbolizou o desejo dos manifestantes foi este.

Mas como mostram os vídeos, a festa e o recado foi dado pela 7ª vez, com a intensa participação popular que se distribuiu nos quase 3Km de extensão da avenida, cadenciado pelos oito caminhões de som dos movimentos pró-impeachment e de intervenção militar, estrategicamente posicionados ao longo da avenida. Motociclistas fizeram a abertura dos protestos e os caminhoneiros fecharam o belo domingo cívico, como na manifestação do dia 15 de Março último.

Foi mais uma consagração na mensagem, do povo sufocado por tantas mazelas. Vamos continuar, pois não podemos nos dispersar até que consigamos fazer valer as mudanças que queremos.

Até a próxima e vejam abaixo os melhores momentos:

O show dos bandeirões:



O espetáculo das faixas no grito de cada um:


A presença marcante dos deputados Bolsonaro e Tuma:


Alguns dos melhores momentos da concentração e a contínua chegada de manifestantes:


Os motociclistas abriram o domingo de protestos e os caminhoneiros fecharam a grande festa cívica, como no protesto de 15 de Março de 2015:


VEJA TAMBÉM:

Já que a mídia filmou pois vários helicópteros se posicionaram sobre a avenida Paulista, mas não mostrou veja a manifestação filmada por um drone:


Alguns protestos pelo Brasil e pelo mundo:

(enviem o link de protestos de sua cidade em comentários logo abaixo)


Relembre os outros atos cívicos de protestos:


7o ato

 

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • Google Plus